Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Um dos passeios mais agradáveis para se fazer no Rio é dar uma voltinha no Jardim Botânico da cidade. É legal pra ir sozinho e dar uma espairecida, pra ir com o crush e curtir uma caminhada romântica, pra ir com a família toda e deixar as crianças se jogarem no parquinho de areia. Já experimentei todas as modalidades de caminhada por lá e, olha, estão aprovadíssimas.

Para aproveitar melhor o tempo no Jardim Botânico, eu sugiro que o passeio seja feito em um dia de clima ameno. Com sol de rachar na cabeça, fica difícil percorrer o parque todo porque, apesar da imensa quantidade de árvores, muitas vezes falta sombra. Com chuva, então, nem se fala.

Na entrada, que é paga apenas em dinheiro em pleno 2017, você recebe um mapinha (que também está disponível online) e já fica na cara que vai levar um bom tempo para conhecer todos os pontos destacados por ali.

mapaJB

Então, já sabe: calçados confortáveis, boné, protetor solar e óculos escuros são ótimos companheiros para a sua disposição. Se quiser fazer um lanchinho, procure uma área onde é permitido comer – sim, é proibido comer na maior parte do parque, mas a água está liberada.

Boa caminhada!


Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Rua Jardim Botânico, 1008
No site, eles explicam direitinho como chegar. Pra quem vai de carro, o estacionamento do Jockey Club dá um desconto para quem apresenta o bilhete de entrada do Jardim Botânico, mas a diária é super cara. Vale encarar a caminhada do Baixo Gávea até a entrada do parque e deixar o carro nas vagas do Rio Rotativo.
Preço: R$15 e só aceitam dinheiro
Mais informações aqui!